Telefone : (27) 3235-6999     E-mail: contato@p6comunicacao.com.br
nov 23

Uma inesquecível aula de história a céu aberto

O projeto Rolé Brasil, que tem o patrocínio da Faculdade Estácio, estará em Vila Velha na próxima semana

 

Após cinco anos de sucesso e mais de 100 km de caminhada, o “Rolé” chega ao mais antigo município capixaba. Consagrado como uma das melhores aulas a céu aberto sobre a cidade, o Rolé Carioca retorna aos passeios por outras cidades do país. O encerramento em 2017 do passeio histórico-cultural será em Vila Velha. Assim, no dia 2 de dezembro, a cidade recebe pela primeira vez a edição nacional do Rolé. O Rolé Brasil – Vila Velha, realizado pelo Estúdio M’Baraká com patrocínio da Estácio, manterá a mesma estrutura e perfil de todas as cidades por onde passou: passeios descontraídos, olhares atentos para a história e arquitetura da cidade, professores especialistas nos assuntos abordados e acesso gratuito. O passeio começará na Praça Otávio Araújo, às 10h, e irá até Igreja Nossa Senhora do Rosário, em um rolé de aproximadamente duas horas.

Os passeios, elaborados pelos professores William Martins e Rodrigo Rainha, coordenadores do curso de História da Estácio, expõem fatos, personagens históricos, curiosidades, informações urbanísticas e arquitetônicas de cada região. Os professores prometem um passeio descontraído e convidam para um rolé pela alma encantadora das ruas que tanto dizem sobre a identidade da cidade. Mas sempre com um olhar contemporâneo e linguagem coloquial, permitindo que o público se aproxime da história da cidade.

O objetivo do projeto é difundir a ideia de que a cidade é uma plataforma em constante construção, sendo a história um elemento importante para sua compreensão e potencial transformação. Acreditando neste premissa, a M’Baraká e a Estácio estendem o Rolé a outras capitais do país seguindo os passos da própria universidade, que nasceu no Rio e aos poucos ampliou sua presença em todo o território nacional.

Para a equipe do Rolé, a cidade é ambiente multidisciplinar e os passeios estimulam o diálogo entre a população, o espaço urbano, a memória e as potencialidades da cidade. Para o professor Rodrigo Rainha, coordenador de pesquisa do projeto, “são roteiros pensados para serem feitos a pé, onde os guias são professores e o público é levado a uma aula a céu aberto. A rua é a sala de aula. O quadro é a paisagem urbana e o papo é sobre história, geografia, cultura, arquitetura, urbanismos e meio ambiente… sobre a alma e a identidade da cidade.” Isabel Seixas, coordenadora do projeto, ressalta: “A cidade é o lugar da conversa. Ao dar a chance das pessoas se encontrarem entre si e com a cidade, cria-se uma pulsação. Assim cria-se uma interação com potencial de transformação. O encontro de moradores e visitantes com a cidade, sua história viva e em constante transformação é o objetivo do Rolé Carioca.”

 

 Vila Velha – roteiro do passeio

 

Vila Velha é o mais antigo município do estado do Espírito Santo, Brasil. Foi fundada em 23 de Maio de 1535 com o nome de Vila do Espírito Santo pelo português Vasco Fernandes Coutinho, donatário da Capitania do Espírito Santo, e foi sede da capitania até 1549, quando esta foi transferida para Vitória e o município passou a ter o nome atual. É o município mais populoso do estado (inclusive superando a capital) sendo a grande maioria da população residente na área urbana. Tem um grande porte Industrial e o maior centro comercial do Estado. Está a 5 km da capital do estado e possui 32 quilômetros de litoral, sendo praticamente todo recortado por praias, as quais constituem importantes ícones turísticos e paisagísticos, como a Praia da Costa, de Itapoã e de Itaparica. Por ser a cidade mais antiga do estado, possui construções do século XVI, como o Convento da Penha e a Igreja do Rosário; do século XVII, o Forte de São Francisco Xavier e do século XIX, o Farol de Santa Luzia.

 

Roteiro:

  • Praça Otávio Araújo
  • Convento da Penha
  • Câmara de Vila Velha
  • 38º Batalhão de Infantaria / Forte São Francisco Xavier
  • Ladeira da Penitência
  • Estátua do Frei Pedro Palácios
  • Casa da Memória de Vila Velha
  • Museu Homero Massena
  • Igreja Nossa Senhora do Rosário

 

 

 OS CURADORES / PESQUISADORES

 

Rodrigo Rainha

Coordenador das Licenciaturas da Universidade Estácio no Rio de Janeiro, doutor em História Comparada pela UFRJ e professor-adjunto do Departamento de História da UERJ procura levar a História para além das paredes da sala de aula, indo às ruas e incentivando o aprendizado ao ar livre. Autor de “A Copa no Campo da História”, tem diversos artigos publicados no meio científico sobre história medieval na Península Ibérica e apresenta semanalmente o quadro “Rio: Você precisa conhecer” na Rádio Globo. É responsável pela pesquisa e produção de textos do projeto, além de ser um dos professores-guia nos passeios.

 

William Martins

É professor e coordenador de História do curso da Universidade Estácio e autor do livro “Paschoal Segreto: ‘ministro das diversões’ do Rio de Janeiro (1883 – 1930)” (2014). Doutor em História pelo programa de pós- graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHIS/UFRJ), fez mestrado em História Social pelo PPGHIS/ UFRJ (2004). É responsável pela pesquisa de conteúdos e textos para o projeto,

 

Sobre a Estácio

A Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil, atua há 47 anos no segmento de ensino superior. Fundada no Rio de Janeiro, a Estácio está presente em 22 estados e no Distrito Federal, contando com mais de 500 mil alunos matriculados e uma estrutura de cinco mil colaboradores e nove mil professores.

 

A Estácio oferece cursos reconhecidos pelo MEC, com elevados conceitos de qualidade, nas modalidades presencial e a distância, de Graduação (Tradicional e Tecnológica) e Licenciatura, nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas e, também, cursos de pós-graduação lato sensu. Os cinco cursos de Mestrado e três de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação) oferecidos pela instituição, são avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (CAPES). São, também, desenvolvidos e ofertados pela instituição soluções de educação para empresas e cursos de extensão.

 

Cada vez mais comprometida com sua missão de “Educar para Transformar”, a Estácio mantém seus currículos alinhados com as necessidades do mercado de trabalho e a evolução profissional dos nossos alunos e aposta na tecnologia e na inovação como diferenciais para aprimorar o aprendizado.  Respeitadas as regionalidades e a contribuição individual de cada professor, o modelo de ensino da Estácio é nacionalizado e os conteúdos padronizados. Todos os alunos recebem material didático gratuito, de alto nível, em uma cadeia totalmente sustentável.

 

 

Sobre o estúdio M’Baraká (UM-BA-RA-KÁ)

Criado por Isabel Seixas e Diogo Rezende, o estúdio M’Baraká nasceu há 11 anos como uma produtora com foco na criação e planejamento de projetos culturais misturando arte, estratégia e design. O estúdio desenvolve projetos múltiplos a partir da interação com profissionais de diversos segmentos artísticos ou de conteúdo, e se destaca por sua metodologia, que envolve um criterioso atendimento às etapas de criação, pesquisa, planejamento estratégico e direção de arte. Desde 2013, a economista Larissa Victorio faz parte da sociedade. Os projetos do grupo se diferenciam e os sócios acreditam na criação de experiências relevantes, que gerem conhecimento e valor para seus públicos.

www.mbaraka.com.br

 

 

SERVIÇO

Rolé Brasil – Vila Velha

Data: 02 de dezembro

Ponto de encontro: Praça Otávio Araújo

Horário: 10h

 

Assessoria de imprensa local

P6 Comunicação

(27) 27 3235 6996

Rogéria Gomes: rogeria.gomes@p6comunicacao.com.br – (27) 99913-2720

Alessandra Fornazier: alessandra.fornazier@p6comunicacao.com.br – (27) 99299-4885